Home » Biblioteca Marxista em Galego

Biblioteca Marxista em Galego

Nesta secçom, disponibilizamos a ediçom digital de algumhas das principais obras clássicas do marxismo na nossa língua. Nalguns casos, temos também editada a versom em papel, publicada na Abrente Editora; na maioria, trata-se da primeira versom galega pendurada na Internet. Em qualquer caso, achamos estar ante a principal Biblioteca digital destas características elaborada integramente na Galiza, já que todos os textos fôrom traduzidos, digitalizados ou adaptados ao padrom galego a partir doutras variantes do nosso idioma, por camaradas do partido, como contributo para a popularizaçom do marxismo entre o povo galego.

Karl Marx e Frederich Engels

Manifesto do Partido Comunista [1848] (I) (II)

Mensagem do Comité Central à Liga dos Comunistas [1850]

Karl Marx

Teses sobre Feuerbach [1845]

Trabalho assalariado e capital [1849]

O 18 Brumário de Luís Bonaparte [1852] (I) (II) (III)

Prólogo da contribuiçom à critica da economia política [1859]

Mensagem Inagural da Associaçom Internacional de Trabalhadores[1864]

Salário, preço e lucro [1865] (I) (II) (III)

Crítica do Programa de Gotha [1875]

James Connolly

Socialismo e nacionalismo irlandês [1897]

Libertemos a Irlanda [1908]

Vladímir Ilich Ulíanov Lenine

Sobre as greves [1899]

O Nosso Programa [1899]

Notas críticas sobre a questom nacional [1913]

A classe operária e a questom nacional [1913]

As Três Fontes e as Três Partes Constitutivas do Marxismo [1913]

O orgulho nacional dos gram-russos [1914]

Igualdade nacional [1915]

A palavra de ordem dos Estados Unidos da Europa [1915]

Balanço da discussom a respeito da autodeterminaçom [1916]

As Teses de Abril [1917]

O Estado [1919]

Carta ao Congresso [1922]

A respeito do problema das nacionalidades ou sobre a “autonomizaçom” [1922]

O Materialismo Dialéctico e o Anarquismo

Leon Trotsky

A questom ucraniana

O que é umha situaçom revolucionária

A questom da unidade sindical

Rosa Luxemburg

A Causa da Derrota

A ordem reina em Berlim

Víctor Serge

A verdadeira personalidade de Lenine

O que todo revolucionário deve saber sobre a repressom (I) (II) (III) (IV) (V)

John Reed

Sovietes em acçom

Mao Zedong

Contra o Liberalismo

O imperialismo americano é um tigre de papel

Sobre a prática

Ho Chi Minh

O leninismo e a libertaçom dos povos oprimidos

Declaraçom de independência do Viet Nam

Acçons que “devem ser feitas” e que “nom devem ser feitas”

Vo Nguyen Giap

Nascimento de um exército (I) (II) (III)

Ernesto Che Guevara

Guerra de guerrilhas: um método

Na entrega de certificados de trabalho comunista

O que aprendemos e o que ensinamos

O socialismo e o homem em Cuba

Contra o burocratismo

Outras serras me reclamam…

Prólogo a Guerra do Povo, Exército do Povo

Mensagem aos povos do mundo através da Tricontinental

O que deve ser um jovem comunista?

Guerra e populaçom camponesa [1959]

O que é um “guerrilheiro”? [1959]

Notas para o estudo da ideologia da Revoluçom Cubana [1960]

Alexandra Kollontai

O Comunismo e a Família

O Dia da Mulher

Francisco Martins

“A outra oposiçom”, entrevista inédita com Francisco Martins [2007]

Entrevista com Francisco Martins [2004]

O comunismo caí vem

Cunhal, um “português honrado” [2005]

Oitenta anos a enterrar Lenine [2004]

Acçom comunista em tempos de maré baixa [2003]

25 de Abril: o proletariado incapaz de aproveitar a crise do poder [2003]

Movimento operário portugués: a longa recomposiçom [2001]

LCR repúdia a “ditadura” [2004]

Cuba entregue às feras [2003]

Contra Wallerstein [2002]

Nós e os movimentos independentistas ibéricos [2002]

Porto Alegre: Sonhos do outro mundo [2001]

16 boas razons para nom abusar do parlamento [2001]

ETA, um caso de loucura homicida? [2000]

Somos todos proletários? [1998]

Babeuf e a Conspiraçom dos Iguais [1996]

O comunismo que aí vem [1996]

Os bolcheviques no tribunal do anarquismo [1992]

“Cunhal está perdido” [1990]

Trotsky antes de 1917 [1989]

Guerrilha sem bandeira [1988]

Ainda sobre Staline [1988]

Bukarine, o precursor [1988]

Notas sobre Staline [1986]

O Verao quente dez anos depois [1985]

Luta de classes ou “unidade de todos os portugueses honrados”? [1965]

A fuga de Peniche

O “crime de Belas”

Os meus trabalhos prisionais
Os meus trabalhos prisionais

Ernest Mandel

A burocracia no movimento obreiro