Abrente

Ediçons digitais da publicaçom trimestral do nosso partido

Documentaçom

Textos e outros documentos políticos e informativos de interesse

Ligaçons

Sites recomendados de ámbito nacional e internacional

Opiniom

Artigos assinados sobre temas de actualidade galega e internacional

Video

Documentos audiovisuais disponíveis no nosso portal

Home » Em destaque

Imagens e crónica das XIII Jornadas Independentistas Galegas

Domingo, 31 Maio 2009

Tal e como informamos ao longo do dia de ontem, as Jornadas Independentistas Galegas organizadas polo nosso partido cada ano desde 1997 decorrêrom no Centro Social do Pichel, em Compostela. Apesar do silêncio mediático generalizado, as JIG venhem consolidando um espaço de debate no seio da esquerda anticapitalista galega, com participaçom de algumhas das mais importantes figuras do marxismo internacional.

A activa participaçom do público voltou a caracterizar um evento anual que nom fica na simples exposiçom magistral das e dos relatores, abrindo-se ao contraste de opinions e de propostas com o objectivo de enriquecer no plano teórico-prático a actividade do movimento popular. A perspectiva comunista é entendida polo nosso partido de maneira nom dogmática, participativa e verdadeiramente democrática, ao serviço da maioria; fazendo, em definitivo, do combate ao capital e ao reformismo um objectivo imprescindível para o avanço das posiçons libertadoras e independentistas no seio da classe operária galega e do conjunto do povo trabalhor.

A esquerda abertzale basca, a corrente comunista ligada à Política Operária portuguesa e o PSTU brasileiro acompanhárom-nos nesta ocasiom, umha vez que o independentismo revolucionário portorriquenho nom pudo finalmente estar presente por problemas de última hora. À espera do início da publicaçom das teses, esperamos que hoje mesmo, oferecemos umha galeria de imagens desta décima terceira ediçom das Jornadas Independentistas Galegas.

Act. 30-05-09 às 21h30. Concluem XIII JIG com um debate sobre a crise capitalista e a alternativa comunista na sessom de tarde

A boa participaçom da sessom da manhá viu-se aumentada à tarde com a sala de actos do Centro Social do Pichel cheia de público. O secretário-geral do nosso partido, o camarada Carlos Morais, e o teórico marxista e independentista basco Iñaki Gil de San Vicente, fôrom os relatores das teses apresentadas. O debate, porém, foi aberto tanto ao relator e a relatora da manhá, como ao público assistente, prolongando-se até quase as 10 da noite.

Entre a numerosa assistência, encontravam-se desde militantes e activistas do movimento popular galego até representantes de outros povos, com destaque para o Cônsul Geral da República Bolivariana da Venezuela na Galiza, David Nieves. A camaradagem nom foi impedimento, mas ao contrário, para que se verificasse um debate com pontos de vista diversos em torno de temas como a luita de classes nas naçons dependentes no centro capitalista, a coordenaçom internacional das luitas, a natureza do sistema soviético e o seu processo de degeneraçom e implosom, ou inclusive a necessária unidade das forças da esquerda anticapitalista na Galiza, bem como o carácter específico da crise e da luita revolucionária na nossa naçom e o papel negativo da maior parte das forças da esquerda espanhola em relaçom às reivindicaçons independentistas dos povos submetidos polo Estado espanhol.

Umha vez concluída a jornada de debate, o Centro Social Henriqueta Outeiro oferece umha ceia de confraternizaçom aos companheiros e companheiras que figérom marcaçom com antecedência, muitos e muitas das quais participarám também amanhá na jornada de debate mais interna com os companheiros Valério Arcary e Iñaki Gil de San Vicente, e a companheira Ana Barradas.

À espera de podermos oferecer umha reportagem mais extensa das nossas XIII Jornadas Independentistas Galegas, juntamente com as comunicaçons apresentadas, queremos aproveitar estas linhas para agradecer a todos os companheiros e companheiras participantes, bem como ao Centro Social o Pichel, o contributo de todo o mundo para o sucesso desta nova ediçom das Jornadas, que terám continuidade no ano próximo.

Act. 30-05-09 às 14:00. XIII JIG: Debate galego-luso-brasileiro sobre as perspectivas da luita revolucionária, na sessom da manhá

Escrevemos esta primeira crónica de urgência no fim da primeira sessom da XIII ediçom das Jornadas Independentistas que, organizadas polo nosso partido, decorrem ao longo do dia de hoje no Centro Social do Pichel, em Compostela. Com moderaçom a cargo do camarada Alberte Moço, tomárom a palavra o marxista brasileiro Valério Arcary, a militante feminista e comunista portuguesa Ana Barradas e o filósofo marxista galego Domingos A. Garcia Fernandes.

As comunicaçons apresentadas fôrom sintéticas e directas ao assunto: a análise da crise sistémica actual, as possibilidades de resposta por parte do movimento popular, as suas carências e perspectivas. Um rico confronto de ideias caracterizado, tal e como destacou a camarada Ana Barradas, polo seu desenvolvimento na língua comum galego-portuguesa, representada nos seus três principais acentos: o galego, o português e o brasileiro. Tampouco faltou a expressom da solidariedade internacionalista das pessoas participantes, com a nossa causa lingüística, num momento de especial luita contra o espanholismo.

A participaçom do público concluiu o debate da manhá, que terá continuidade com as intervençons de Iñaki Gil de San Vicente, comunista abertzale basco, e do secretário-geral do nosso partido, Carlos Morais, na sessom da tarde, a partir das cinco horas. Sendo este um resumo de urgência das teses da manhá, só nos resta agradecer a boa resposta e a participaçom do público, e convidar quem nom pudo vir de manhá à sessom da tarde.

Ao longo da tarde esperamos poder informar do desenvolvimento dessa segunda sessom.