Abrente

Ediçons digitais da publicaçom trimestral do nosso partido

Documentaçom

Textos e outros documentos políticos e informativos de interesse

Ligaçons

Sites recomendados de ámbito nacional e internacional

Opiniom

Artigos assinados sobre temas de actualidade galega e internacional

Video

Documentos audiovisuais disponíveis no nosso portal

Home » Notícias

Primeira Linha saúda II Congresso Nacional de Andaluzia Comunista

Domingo, 26 Junho 2016

Andaluzia Comunista

Camaradas, da Galiza enviamos umha fraternal saudaçom comunista revolucionário.

Lamentavelmente a nossa particular agenda política impossibilita estar hoje aqui, para apreender da vossa luita, dos vossos debates e dar a conhecer a voz da Galiza rebelde e combativa.

Temos muitas cousas em comum, nom só porque nos reclamamos do marxismo-leninismo e somos forças de libertaçom nacional.

Primeira Linha e Andaluzia Comunista coincidimos em denunciar a fraude do populismo e o ilusionismo eleitoral do reformismo que tem abduzido amplos setores operários e populares. Os nossos respetivos partidos tenhem assumido com coragem a alternativa abstencionista no proceso eleitoral de 26 de junho.

Defendemos umha mesma luita: a plena emancipaçom da classe trabalhadora da exploraçom a que se ve submetida polo Capital, a lucha pola plena independência e soberania das nossas naçons subjugadas polo imperialismo espanhol, e a emancipaçom de mais da metade do povo, as mulheres trabalhadoras.

Atravessamos umha conjuntura internacional mui adversa, em pleno auge do neoliberalismo  e ofensiva imperialista contra os povos do mundo.

Umha etapa difícil de “cidadanismos” e nacional-populismos, de promessas imposíveis. É essencial manter coerência e resistir as tendências a procurar fáceis caminhos que só conduzen o desarme ideológico e a derrota estratégica.

@s comunistas revolucionários galeg@s desejamo-vos grandes êxitos nos vossos objetivos e decisonss, nas resoluçons e acordos deste II Congresso Nacional.

Esperamos poder reforçar e aprofundar nas nossas relaçons e mútua colaboraçom.

Viva Andaluzia Comunista!

Viva a luita revolucionária  e o internacionalismo proletário!

Comunismo ou caos!

Até a vitória sempre!

Galiza, 24 de junho de 2016