Abrente

Ediçons digitais da publicaçom trimestral do nosso partido

Documentaçom

Textos e outros documentos políticos e informativos de interesse

Ligaçons

Sites recomendados de ámbito nacional e internacional

Opiniom

Artigos assinados sobre temas de actualidade galega e internacional

Video

Documentos audiovisuais disponíveis no nosso portal

Home » Nacional, Notícias

AGARB convoca hoje em Vigo concentraçom em solidariedade com a Venezuela Bolivariana e Chavista

Quarta-feira, 19 Fevereiro 2014

cartaz19f2

A organizaçom de solidariedade com a República Bolivariana de Venezuela AGARB convoca para a tarde de hoje, em Vigo, umha concentraçom em solidariedade com o legítimo governo de Nicolás Maduro perante o intento de golpe de estado por parte da direita proimperialista.

A concentraçom decorrerá às 20.30h diante do consulado do país americano em Vigo. De Primeira Linha apelamos a participar maciçamente na concentraçom e dar soporte solidário à revoluçom bolivariana.

A continuaçom reproduzimos  integramente o manifesto difundido pola AGARB

Galiza com a Venezuela Bolivariana e Chavista

O fascismo nom passará!

Perante a nova tentativa de golpe de estado contra o governo bolivariano da Venezuela por parte da direita proimperialista, AGARB convoca concentraçom solidária amanhá quarta-feira 19 de fevereiro diante do Consulado da República da Venezuela de Vigo.

Esta nova tentativa de quebrar pola força o processo bolivariano em curso nom é umha surpresa. A Venezuela leva meses padecendo sabotagens elétricos, acaparamento de bens de consumo e alimentos, desfornecimento e inflaçom inducida, manipulaçom mediática, com o objetivo de tombar o legítimo governo de Nicolás Maduro, democráticamente eleito em abril de 2013.

Os meios de comunicaçom espanhóis tenhem contribuido a alimentar umha imagen falsa e deturpada da realidade venezuelana, apresentando como vítimas aos responsáveis da violência e da sabotagem económica que a imensa maioria do povo venezuelano rejeita e condena.

Afortunadamente todo indica que fracassou o golpe de estado encabeçado polo dirigente fascista Leopoldo López, cujo partido está aderido à “Internacional Socialista” do PSOE.

López está preso e a maré bolivariana que movimentou a centenares de milhares de obreiros e obreiras, de jovens, de mulheres, de trabalhadores e trabalhadoras, de empregados e empregadas, de camponeses e camponesas, de comunidades indígenas, em definitiva, às grandes maiorias que conformam o povo trabalhador venezuelano, logrou derrotar o golpe fascista promovido polo presidente dos Estados Unidos Barack Obama.

Porém, sem aprofundar na via socialista, sem desmontar o estado burguês, sem construir poder popular, umha genuina democracia socialista, este golpe de estado nom será a última tentativa da burguesia vendepátrias da Venezuela para reinstaurar a IV República.

Os partidos burgueses implicados no golpe devem ser ilegalizados e os seus líderes encarcerados. É hora de firmeza para esmagar o fascismo! Nom queremos que Nicolás Maduro se converta no novo Allende!!

A Galiza rebelde e combativa, a Galiza internacionalista e solidária, quer transmitir o seu apoio incondicional ao governo venezuelano de Nicolás Maduro, às forças revolucionárias do Grande Pólo Patriótico, ao povo chavista.

É imprescindível manter e aprofundar o legado do comandante Hugo Chávez, defender a Venezuela soberana e independente, o processo bolivariano.

Pátria ou morte!

Viviremos e venceremos!

Chavez vive, a luita segue!

Galiza, 18 de fevereiro de 2014