Abrente

Ediçons digitais da publicaçom trimestral do nosso partido

Documentaçom

Textos e outros documentos políticos e informativos de interesse

Ligaçons

Sites recomendados de ámbito nacional e internacional

Opiniom

Artigos assinados sobre temas de actualidade galega e internacional

Video

Documentos audiovisuais disponíveis no nosso portal

Home » Nacional, Notícias

Corunha acolhe ato central da XII ediçom do Dia da Galiza Combatente

Quinta-feira, 11 Outubro 2012

Na madrugada de 11 de outubro de 1990, há agora 21 anos, @s combatentes galegos Lola Castro “Mariana” e José Vilar Regueiro “Marcos”, militantes do Exército Guerrilheiro do Povo Galego Ceive (EGPGC), morriam ao explodir acidentalmente o artefacto que estava destinado a combater os interesses do narcotráfico na Galiza.

Foi esta data a escolhida pola Direçom Nacional de NÓS-UP, em julho de 2001, para instaurar o Dia da Galiza Combatente, para tal e como afirma a organizaçom política de massas da esquerda independentista “homenagear num só dia todas as galegas e galegos que em diferentes etapas históricas e projetos políticos , fôrom represalidados e represaliadas ou perdêrom a vida pola sua entrega à causa de umha Galiza mais justa e soberana”.

Amplo programa para comemorar a data

Este ano, a figura do mítico guerrilheiro comunista galego, “Benigno Andrade “Foucelhas” centrará os atos do MLNG. O primeiro terá lugar às 19h, do mesmo 11 de outubro no cemitério de Meirás (Valdovinho) onde decorrerá a tradicional homenagem a Lola Castro organizada pola Assembleia Comarcal de NÓS-Unidade Popular em Trasancos.

Às 20.30hs, também no dia 11, decorrerá no corunhês CS Gomes Gaioso umha palestra sobre a figura de Benigno Andrade “Foucelhas” no que intervirá o historiador Eliseo Fernandes. O ato servirá também como apresentaçom do caderno biográfico do Foucelhas que vem de sair do prelo.

Já na sexta-feira 12 de outubro decorrerá na Corunha o ato central do Dia da Galiza Combatente 2012. Será às 13hs na Praça de Carlos I, fronte ao Museu Militar, onde está “sequestrado” como trofeu de guerra o fusil libertador do heróico guerrilheiro. No ato intervirám as companheiras Eva Cortinhas, em representaçom da organizaçom juvenil BRIGA, e a porta-voz nacional de NÓS-Unidade Popular, Rebeca Bravo.

Posteriormente terá lugar um jantar de confraternizaçom num restaurante próximo.

NÓS-Unidade Popular anuncia no seu web que disponibilizará transporte desde o sul da Galiza para facilitar assistência. Podes consultar os horários e paragens no web da organizaçom independentista. O preço do cartom é de 9 euros.

Para finalizar a celebraçom de esta efeméride a organizaçom juvenil da esquerda independentista, BRIGA, organiza um concerto com “Fracasados de Antemano” e “Os Três Trebóns” na sala INOX da Corunha, sediada no popular bairro de Monte Alto. O concerto começará às 20.30hs e tem um bilhete solidário de 4 euros.