Abrente

Ediçons digitais da publicaçom trimestral do nosso partido

Documentaçom

Textos e outros documentos políticos e informativos de interesse

Ligaçons

Sites recomendados de ámbito nacional e internacional

Opiniom

Artigos assinados sobre temas de actualidade galega e internacional

Video

Documentos audiovisuais disponíveis no nosso portal

Home » Internacional, Nacional, Notícias

Nova reforma à vista: portagens também na autovias

Quarta-feira, 2 Maio 2012

O governo espanhol continua empenhado em piorar as nossas condiçons de vida. Com às vistas postas em melhorar os balanços das empresas do setor concessional e da construçom, que levam décadas a se lucrar de forma indecente graças às privatizaçons parciais de grandes infraestruturas. A reforma foi incluída na reuniom da semana passada da Comissom Delegada do Governo para Assuntos Económicos e se prevê umha próxima inclusom na ordem do dia do Conselho de Ministros.

O Partido Popular argumenta a necessidade de rendimentos extra que aliviem o sobrecusto da manutençom e a reparaçom das autoestradas, mas oculta a dívida acumulada de 4.000 milhons de euros das empresas concessionárias e a responsabilidade patrimonial da administraçom frente aos bancos no caso de falta de pagamento. O modelo de semiprivatizaçom das grandes infra-estruturas praticado tanto por PP como PSOE pom em evidência o servilismo do Estado de umha burguesia que se enriqueceu com o negócio da sua construçom e gestom, mas carece de qualquer responsabilidade no caso de que o negócio quebre.

Agora que a crise ameaça as contas destas grandes empresas por causa da descida de usuários das vias com portagens, o governo acode ao seu axílio anunciando a cobrança nom só nas autoestradas, como também nas autovias. O governo espanhol responde assim à demanda da organizaçom patronal das grandes construtoras de obter rendimentosde  mais de 1.800 milhons por ano cobrando polo uso das autovia, a razon de 10 cêntimos por quilómetro aos veículos pesados e 4,5 cêntimos por quilómetro aos ligeiros.