Abrente

Ediçons digitais da publicaçom trimestral do nosso partido

Documentaçom

Textos e outros documentos políticos e informativos de interesse

Ligaçons

Sites recomendados de ámbito nacional e internacional

Opiniom

Artigos assinados sobre temas de actualidade galega e internacional

Video

Documentos audiovisuais disponíveis no nosso portal

Home » Nacional, Notícias

Miguel em liberdade!

Quarta-feira, 2 Maio 2012

O Comité de Solidariedade e Apoio a Miguel e Telmo vem de informar da posta em liberdade de Miguel Nicolás. O CSAMT já anunciou a organizaçom de um recibimento popular a Miguel a próxima sexta-feira 4 de maio às 19h30 diante do mercado no bairro do Calvário.

A seguir reproduzimos o breve comunicado feito público polo CSAMT.

Hoje, após pagamento de umha fiança de 3.000€, foi excarcerado o preso político galego Miguel Nicolás Aparício.

Detido em dezembro de 2010 num operativo “antiterrorista” Miguel passou mais de dezasseis meses preso nas cadeias da burguesia espanhola. Atualmente, logo de passar pola Lama e Villabona (astúrias), estava na prisom de Zuera, Zaragoza.
O seu “delito” foi ser coerente e conseqüente na defesa dos interesses da classe trabalhadora, luitar de forma organizada contra o capitalismo.
Miguel estivo dezasseis meses sem julgamento e submetido à política de dispersom que provocou o seu paulatino afastamento da Galiza. Agora Miguel acha-se agora em liberdade provisória a espera de juízo.
A constáncia e perseverança mantida na reivindicaçom da liberdade de Miguel, na denúncia da violaçom dos direitos básicos a que foi permanentemente submetido por parte do Estado espanhol, tem sido um fator determinante à hora de conseguirmos libertá-lo.
Hoje finalmente volta a estar na Pátria e com o seu povo.
O Comité de Solidariedade e Apoio a Miguel e Telmo (CSAMT) congratula-se de termos o Miguel novamente connosco e agradece o conjunto de pessoas, entidades e organizaçons que nestes dezasseis meses de forma constante tenhem contribuído na luita pola liberdade de Miguel saindo a rua, colaborando economicamente, respaldando as iniciativas que mantivérom acesso o facho da sua liberdade.
Embora hoje é um dia feliz nom devemos dar por concluída a nossa luita. O camarada Telmo Varela continua preso no cárcere espanhol de Topas (Salamanca) e mais seis patriotas galeg@s seguem encarcerad@s sob as gadoupas da Espanha.