Abrente

Ediçons digitais da publicaçom trimestral do nosso partido

Documentaçom

Textos e outros documentos políticos e informativos de interesse

Ligaçons

Sites recomendados de ámbito nacional e internacional

Opiniom

Artigos assinados sobre temas de actualidade galega e internacional

Video

Documentos audiovisuais disponíveis no nosso portal

Home » Nacional, Notícias

Biografias de Jorge Beinstein, Miren Etxezarreta, Carlos Casanueva e Miguel Urbano

Quarta-feira, 11 Abril 2012Um Comentário

Disponibilizamos os dados biográficos das quatro pessoas que intervirám nestas XVI Jornadas Independentistas Galegas, que decorrerám o próximo 21 de abril no CS O Pichel em Compostela. Lembramos que estas  XVI Jornadas Independentistas Galegas contarám com a presença de dous prestigiosos economistas: Jorge Beinstein e Miren Etxezarreta, e dous destacados dirigentes comunistas: Carlos Casanueva e Miguel Urbano Rodrigues.

Jorge Beinstein

Nasceu em 1943 em Buenos Aires, Argentina.

Doutor de Estado em Ciências Económicas pola Universidade de Franche Comté-Besançon, especialista em pronósticos económicos, tem sido durante os últimos vinte e cinco anos consultor de organismos internacionais e governos.

Dirigiu numerosos programas de investigaçom e foi titular de cátedras de economia internacional e prospetiva tanto na Europa como na América Latina.

Atualmente é professor titular das cátedras livres “Globalizaçom e Crise” da Universidade de Buenos Aires e “Prospetiva económica mundial” do doutorado da Universidade Nacional de La Matanza (Argentina), e Diretor do Centro Internacional de Informaçom Estratégica e Prospetiva (CIIEP) da Universidade Nacional de La Plata, Argentina.

Entre 1986 e 1998 foi titular da Cátedra de História económica mundial da Universidade Nacional de La Plata, Argentina, e nessa altura fundou o Centro de Estudos e Investigaçons Multidisciplinares em Inovaçom, Tecnológica e Prospetiva (Cemitep), e dirigiu o Programa de Prospetiva da Comissom Latino-americana de Ciência e Tecnologia do SELA (Sistema Económico Latino-americano).

Ativista da esquerda revolucionária e internacionalista, fai parte da presidência Coletiva do Movimento Continental Bolivariano (MCB).

Tem umha produçom de mais de um milhar de textos em publicaçons científicas internacionais e de divulgaçom em meios de difusom massiva.

Entre as mais recentes obras, destacamos:

Crónica de la decadencia. Capitalismo global 1999-2009. Buenos Aires, Cartago Ediciones, 2009.
Comunismo del siglo XXI. De la decadencia de la sociedad burguesa global a la irrupción del post capitalismo revolucionario. Caracas. Ediciones Trinchera, 2011.

A metamorfose de Efigénia (contos). Coimbra, Ed. Calendário, 2010.

Tempo de barbárie e luta. Lisboa, Página a página, 2011.

Carlos Casanueva Troncoso

Nasceu em 1966 em Talca, no Chile.

Internacionalista, professor de História. Militante do Partido Comunista do Chile, fai parte na clandestinidade da resistência à ditadura de Pinochet entre 1984 e 1990.

Membro do Comité Central do PCCH durante o período 2006-2010 como parte da Comissom de Relaçons Internacionais. Foi secretário político do Comité Regional do PCCH na cidade de Arica, Chile, de 2006 a 2008 onde presidiu a Federaçom de Estudantes da Universidade de Tarapacá (FEUT).

Assesor da concelharia municipal de Arica entre 2006 e 2007 e diretor de meio ambiente em 2007.

Assessor da Presidência Alterna do Parlamento Latino Americano (PARLATINO), Caracas, Venezuela entre 2008 e 2010.

Professor de Geopolítica na Universidade Bolivariana da Venezuela em 2009 e 2010.

Coordenador Internacional dos Guardians Latino-americanos pola Defesa do meio ambiente do PARLATINO entre 2007 e 2010.

Atualmente é assessor no Municipio Girardot, Maracay, Estado de Aragua, Venezuela.

Tem participado em diversos foros, seminários e congressos na América Latina.

Forma parte da equipa de redaçom da revista Tiro al Blanco da República Dominicana e da Rosa blindada na Argentina.

Membro fundador em 2003 do Movimento Continental Bolivariano (MCB), atualmente exerce as funçons de secretário-geral.

Miren Etxezarreta Zubizarreta

Nasceu em 1936 em Ordizia, Euskal Herria.

Economista, intelectual de esquerda e ativista de movimentos sociais.

Estuda economia no campus de Bilbo da Universidade do País Basco, no London School of Economics e na Universitat Autònoma de Barcelona.

Entre 1968 e 1970 é professora de economia na Universidade de Sussex (Reino Unido), para posteriormente impartilhar aulas na Universidade de Bilbo, porém por motivos políticos estabelece-se em Barcelona.

Entre 1974 e 2006 exerce de professora de economia e política económica na UAB.

Tem dado aulas em universidades de México, Bolívia, Argentina, Chile, Nicarágua, Burkina Faso, França, Estados Unidos, Inglaterra, Canadá, Japom, etc.

Atualmente é Catedrática Emérita de Economia Aplicada da UAB.

Tem participado em numerosas jornadas e debates críticos com o sistema capitalista.

Fai parte do grupo de Economistas Europeus por umha Política Económica Alternativa.

Em 1990 participa na fundaçom do Seminari d’Economia Crítica Taifa de Barcelona da que atualmente é coordenadora.

Autora de inumeráveis livros e publicaçons. Entre os mais recentes destacamos:

Crítica a la economía ortodoxa. Seminario de Economía Crítica Taifa. Universitat Autònoma de Barcelona, 2004.

La agricultura española en la era de la globalización. Madrid, Ministerio de Agricultura, Pesca y Alimentación, 2006.

Qué pensiones, qué futuro. Barcelona, Icaria, 2010.

Miguel Urbano Rodrigues

Nasceu em 1925 em Moura, Portugal.

Escritor e jornalista, foi docente de História Contemporánea na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Foi redator do Diário de Notícias entre 1949 e 1956, chefe de redaçom do Diário Ilustrado (1956 e 1957), antes de se exilar no Brasil, onde foi editorialista principal de O Estado de S. Paulo (1957 a 1974) e editor internacional da revista brasileira Visão (1970 a 1974).

Regressado a Portugal após a Revoluçom dos Cravos, foi chefe de redaçom do Avante! em 1974 e 1975 e diretor de O Diário entre 1976 e 1985.

Foi presidente da Assembleia Municipal de Moura em 1977 e 1978, deputado à Assembleia da República polo PCP entre 1990 e 1995 e deputado às Assembleias Parlamentares do Conselho da Europa e da Uniom da Europa Ocidental, tendo sido membro da comissom política desta última.

Participou em dezenas de Encontros Internacionais.

Tem colaboraçons publicadas em jornais e revistas de duas dezenas de países da América Latina, África, Ásia e da Europa e é autor de 18 livros publicados em Portugal e no Brasil. Entre os mais recentes destacamos:

O Tempo e o Espaço em Que Vivi II Revolução e Contra-revolução na América Latina (memórias). Porto, 2002.

Meditação descontínua sobre o envelhecimento (reflexão). Coimbra, Ed. Calendário, 2009.