Abrente

Ediçons digitais da publicaçom trimestral do nosso partido

Documentaçom

Textos e outros documentos políticos e informativos de interesse

Ligaçons

Sites recomendados de ámbito nacional e internacional

Opiniom

Artigos assinados sobre temas de actualidade galega e internacional

Video

Documentos audiovisuais disponíveis no nosso portal

Home » Internacional, Notícias

Crise? Florentino Pérez, os ‘Albertos’ e os March cobrarám 127 milhons de dividendo de ACS

Terça-feira, 7 Fevereiro 2012

Com certa periodicidade fazemos-nos eco de notícias que habitualmente passam despercebidas nos meios de comunicaçom empresariais, mas que contenhem um alto valor pedagógico da imoralidade dos sistema de que somos vítimas. Enquanto se multiplicam e efetivizam os apelos à “austeridade”, o desmantelamento dos serviços básicos ou a retrocessos salariais da classe obreira, a burguesia continua a enriquecer-se de forma obscena.

Desta vez, trata-se da empresa espanhola ACS, dedicada à construçom civil e à prestaçom de serviços, que acabou de anunciar a repartiçom de dividendos para o próximo dia 7 de fevereiro. Nesta distribuiçom, Florentino Pérez, os empresários conhecidos como os “Albertos” e a Corporación Financiera Alba, um holding propriedade da família March, receberám 127 milhons de euro em conceito de dividendo do Grupo ACS.

Destes 127 milhons de euros, o presidente do Real Madrid e presidente do grupo receberá 35,45 milhons, os “Albertos” um total de 39,69 milhons de euros e Corporación Financiera Alba, em qualidade de primeiro sócio do grupo, 51,83 milhons de euros.

Apesar da contraçom da actividade económica, o Grupo ACS, no fecho dos nove primeiros meses de 2011, obtivo um lucro neto de 739 milhons de euros, 34,7% menos que em 2010. E dizemos que apesar da contraçom económica, porque os resultados de 2010 fôrom “adulterados” pola venda da participaçom de ACS em Abertis. De facto, se nom contarmos esta operaçom, nos nove primeiros meses de 2011, produziu-se um incremento de 6,6% nos seus resultados.