Abrente

Ediçons digitais da publicaçom trimestral do nosso partido

Documentaçom

Textos e outros documentos políticos e informativos de interesse

Ligaçons

Sites recomendados de ámbito nacional e internacional

Opiniom

Artigos assinados sobre temas de actualidade galega e internacional

Video

Documentos audiovisuais disponíveis no nosso portal

Home » Notícias

Organizaçons estudantis da USC avaliam luita contra Normativa de Permanência

Sexta-feira, 18 Novembro 2011

Na manhá da quinta-feira 17 de novembro decorreu na Faculdade de Direito da USC umha conferência de imprensa na que as organizaçons estudantis que protagonizarom a passada greve contra a Normativa de Permanência avaliárom o resultado das suas convocatórias. As entidades, entres as quais se acha a da esquerda independentista, AGIR, ressaltárom o sucesso da jornada de luita de 9 de novembro que qualificárom de sucesso tanto seguimentgo da greve como assistência à manifestaçom.

Ao tempo, apresentárom umha carta aberta dirigida ao reitor da USC, Casares Long, como resposta à oferta de diálogo. Nesta missiva comunicam as exigências que consideram necessárias para a existência de qualquer diálogo produtivo. Nom exclusom de nengum coletivo estudantil que participasse na greve de 9 de novembro, assim como vetar incorporaçom de qualquer outro, para assim evitar que organizaçons pouco representativas fagam um lavado de imagem da equipa de governo universitária.

As cinco organizaçons também reclamam que na ordem do dia da convocatória constem as objeçons apresentadas a esta normativa, como por exemplo a continuidade da categoria de “nom-presentado. Por último, exigem que a reuniom se celebre antes do próximo Conselho de Governo e conte com a presença do Reitor.

A seguir a carta aberta:

Carta aberta ao reitor Casares Long

As organizaçons abaixo assinantes escrevemos esta carta, dirigida ao senhor reitor mas também à comunidade universitária e o conjunto da opiniom pública; com o fim de pôr no seu conhecimento a nossa valorizaçom da oferta de diálogo sobre a Normativa de Permanência que recebemos por parte da Reitoria:

1-Parabenizamos e agradecemos a Dom Juan Casares Long as suas declaraçons nas que afirmava que se vai reunir com nós para “achegar posturas” pois há tempo que levamos reclamando algo semelhante. Agora bem, achamos que esta oferta bem nos podia ter chegado antes da convocatória de greve; excepto unicamente que a motivaçom da mesma seja o sucesso da jornada de luita do dia 9 novembro.

2-Exigimos que o diálogo se produza unicamente com as cinco organizaçons convocantes da greve do passado dia 9 de novembro, e sem excluir qualquer das mesmas, pois fôrom as que apresentárom objeçons à Normativa de Permanência. Nom é por marginalizar ninguém, senom porque somos as únicas que temos umha posiçom concreta e tangível sobre esta normativa.

3-Reclamamos que constem na ordem do dia as quatro objeçons concretas que apresentamos à Normativa de Permanência que som o mantimento do “nom-presentado, a eliminaçom da obrigatoriedade de matricula das matérias suspensas, a avaliaçom do Trabalho de Fim de Grau ainda com matérias pendentes e a continuaçom das facilidades para a mobilidade internacional. Todas elas nos parecem importantes e necessárias, polo que nom participaremos em qualquer reuniom na qual nom se tratem a totalidade destes temas.

4-Por último, acreditamos que esta problemática tem a importáncia suficiente para nom demorar mais esta reuniom, polo que reclamamos que se celebre antes do próximo Conselho de Governo e também que assista você, senhor reitor, como forma de garantizar o compromisso da USC com o diálogo.

Assinam: MEU, LEG, IESGA, Comités e AGIR