Abrente

Ediçons digitais da publicaçom trimestral do nosso partido

Documentaçom

Textos e outros documentos políticos e informativos de interesse

Ligaçons

Sites recomendados de ámbito nacional e internacional

Opiniom

Artigos assinados sobre temas de actualidade galega e internacional

Video

Documentos audiovisuais disponíveis no nosso portal

Home » Internacional, Notícias

Finaliza em Quito XV Seminário Internacional Problemas da Revoluçom na América Latina

Domingo, 17 Julho 2011

Culminou o 15 de julho XV Seminário Internacional Problemas da Revoluçom na América Latina que se desenvolveu de 11 a 15 de julho na capital do Equador.

Na iniciativa promovida polo MPD e PCMLE fôrom debatidos os aspetos fundamentais do processo revolucionário no mundo. Sob a palavra de ordem “A luita dos trabalhadores e os povos e a perspetiva da Revoluçom e o Socialismo” participárom dúzias de representantes de delegaçons equatorianas e de forças internacionais da esquerda revolucionária.

O intenso debate finalizou com a aprovaçom de umha Declaraçom final que deu a conhecer o vozeiro nacional do PCMLE Oswaldo Palacios na que afirma que a perspetiva do triunfo da revoluçom e o socialismo está vigente achando-se nas maos dos trabalhadores  e trabalhadoras e os povos.

Igualmente foi aprovado como “indispensável empregar e combinar todas as formas de luita de acordo às particularidades presentes em cada um dos países”. Os acordos também recolhem a necessidade da unidade superando as fronteiras nacionais, pois, “sendo a revoluçom um processo que deve concretizar-se em cada um dos países pola sua essência é um movimento de carater internacional”.

O documento também apela à solidariedade ativa com todos os povos que luitam pola libertaçom social, rejeitando todo ato de agressom e intervençom político-militar impulsionado polas potências imperialistas em contra dos povos.

Saudaçons de Primeira Linha

O nosso partido agradeceu o convite e transmitiu ao MPD e PCMLE a impossibilidade de acompanhá-los no XV Seminário por “termos concentradas todas as nossas energias em assegurar atingir os objetivos dos eventos do Dia da Pátria”. Igualmente manifestamos “novamente a nossa solidariedade revolucionária com a vossa luita que fazemos nossa, desejando grandes êxitos nos debates e conclusons do importante evento”.