Abrente

Ediçons digitais da publicaçom trimestral do nosso partido

Documentaçom

Textos e outros documentos políticos e informativos de interesse

Ligaçons

Sites recomendados de ámbito nacional e internacional

Opiniom

Artigos assinados sobre temas de actualidade galega e internacional

Video

Documentos audiovisuais disponíveis no nosso portal

Home » Nacional, Notícias

Marcha Galega polo Emprego partirá cara Compostela

Terça-feira, 28 Junho 2011

Amanhám começarám a sair as primeiras marchas em direçom em Compostela da mobilizaçom nacional de desempregad@s impulsionada pola CIG. Concretamente amanhám partirám de Ferrol, Ourense e Lugo, mentras que a quinta-feira farám o próprio desde Vigo, Corunha e Cee e a sexta-feira desde Ponte Vedra. Todas estas marchas tenhem previsto confluir em Compostela o domingo dia 3 de julho, culminando a mobilizaçom de desempregad@s com umha manifestaçom nacional que partirá às 12h00 desde a Alameda.

A central pom em marcha esta iniciativa para denunciar o imparável aumento do desemprego no nosso país, que já está a ponto de alcançar os 250.000 trabalhadoras e trabalhadores, convertendo-se na mais angustiosa das ameaças e a mais grave conseqüência da actual crise sistémica que atravesssa o capitalismo.

Com a organizaçom da Marcha Galega polo Emprego pretende evidenciar que o desemprego nom é um fenómeno de origem desconhecidos. Todo o contrário. É produto de um sistema social e económico concreto e profundamente injusto como é o que suportamos, agravado por umha gestom política unicamente preocupada por seguir enchendo as carteiras da burguesia.

Com iniciativas como a Marcha Galega polo Emprego a CIG encaminha-se na direçom certa de assumir o problema do desemprego como um problema próprio. Transcorrida perto de umha década da tentativa falida de artelhar Assembleias de Desempreg@s, a Marcha supom umha boa notícia no caminho de que a CIG artelhe desde umha posiçom ofensiva, umha resposta global à crise construída desde a base da problemática concreta de cada um dos coletivos que conformam a classe obreira.